domingo, outubro 31, 2004

Hello Winners

Hoje é noite de hello winners.
Sejam do "Irós milhones", "Tó Tó Lerdos", ou "Tótó bolianos".
Saiam à rua, curtam, com-vivam e em-bué-dem-se....
...e não se esqueçam que o Natal é a 12 de Janeiro.

Ao Conde de bibe!

Ah já é Sado ah Anda luso
Ao teu gene nada requiem uso
Tu ganda doido /ido
És cada Douro descido
A tua vida 100 tosse
A minha vida faz tosse
Volta eia en pin hotes
Por ti estalo o chico hot
Movido a força de Burro!


Colette de Forsses

Ode & Ário

...

Meu livro de cabeceira
Onde faço confissões
De toda e qualquer maneira
A duas e a 4 mões.

Pranto lá a quem odeio,
A quem curto assim assim
E quem é bonito ó feio
Mais a quem queria pra mim.

E nele escrevo segredos
Sabidos por meio mundo...
E nele escondo meus medos
No canto da folha, ó fundo...

Dele rasguei uma folha
Que transporto na carteira
Para me servir de rolha
Num dia de caganeira.

Com tantos ode e amentos
Há camar pa cão pensar
Há camar cos 100 tea mentos
Mais ca força d'Ode & Ar...

Boat rasgar, Ode & Ário
Que me canso d'Ode & Ar
If charme num armário
Quieto e de cu pró ar...

...

sábado, outubro 30, 2004

Biblio Toca - parte 4

´

. "Que o Fio da Ana Valha" - Soma 7 Morgues

. "Nossa Cenoura de Pôr iiiiiis" - Bi-Tarugo

. "Creme e Iscas, Tugo" - Deus tá off Sky

. "La Lota" - Nabo Couve

. "Guerra e Pós" - Li Ontem, Toy

. "A Avó tá muda há 80 dias" - Jure-o Verme

. "Se Parte Tacos" - ó Hard, Faz-te!

. "Ao monte se vende avais" - É 1000 e Broncas

. "Uiva Ângelo 2º Jes111 Cris2" - Jus a esse arame, Ago

´

sexta-feira, outubro 29, 2004

Mau caco

O antiquíssimo e valioso vaso chinês partiu-se.
A imitação barata que lhe servia de par, partiu-se também.
O vaso chinês não se conteve e disse-lhe: "sempre foste um mau caco de imitação..."

Hide T...ique

Andes vais? Pós Alpes? Apeninos por lá? Apalaches o que achares mete correntes nos Pirinéus do carro. Evereste e aquele a escorregarem. Hide Tique net cuides!...

I D

Marco my words: I D ir à mega parte do Dill.
Avô, avô, a parte avô, avô. Querem Alpestar?

quinta-feira, outubro 28, 2004

Heidi

Heidi, voltar a pastar.....
Nas moon tanhas, ou nus bales...Bales de 10 conto??? Balem???
Mééééééé...smo que queira, tou in talado.....
Cas limpiezas.
Se me limpam tou in-tool ado
Qnd voltar, volto mesmo.

Hostal à bista, beibes....

Mandamento

"Ame o sauce molhante"

Eva ou Alá

"Eva ou Alá", como dizem os franceses, já temos 1 mês... Será que já podemos comer papinhas Sir Hell Hack?
Hack Percy's TIR no Bill Ogre...
2 much rules, ó ié!

quarta-feira, outubro 27, 2004

Crónicas de Ali Ólado - 8

... Era um país tão pequeno que... nem sequer tinha um submarino.
Era uma das preocupações do ministro da defesa e que o transformavam até em alvo de chacota.
Mas o ministro resolveu isso arranjando um amante. E mal ele lhe batia à porta da sua casa a pala assada, logo o mean istro lhe dizia: - Sobe Marino!...
Marino, de início encarou aquela relação com alguma repulsa até porque gostava muito de mulheres. Era, inclusivamente, grande amante da Justina mas, com o correr do tempo e fruto da sua ligação com o ministro - que gostava de ser o seu próprio eco -, acabou por se tornar o seu Vice-Eco Usual.
Marino pensava na Justina, a grande amante da sua vida mas logo o assaltava e se lhe opunha aquela velha máxima da qual ele nunca soube a autoria: "O poder corrompe".
Quando pensava nisso verificava que o ministro tinha um poder obsoleto (já não se usava poder assim, às escuras e de ceroulas) e então concluía: "O poder obsoleto corrompe obsoletamente".
Pobre da Justina....

(2 be com Tino, Ed...)

Tirol férias, não Morre Ritz é o melhor remédio!

Isso é Sazonal! Quetzal uma está dia em Aspen, a Rina, essa Megeve, Jura que Isola a consta & paixão. Val Disere que à Avó Ria Ze curou dos Piornos num ri sorte no Vale da Óstia.

Slalom, conde!

IF MERDES

8 de Morsa de 1857 - Dia Interne ass & anal da gaija

5 de June de 1972 - Dia Monde & Hall do Home Be Ente

1 de Júlio de 1867 - Ebulição da Pena de Norte

5 do Tubo de 1910 - Implantação de silly cone na República

24 d'Entrudo de 1945 - Dia das Noções Banidas

Desde Dezembro de 1948 - Dia de ir Direito ao Homem (dia de gaijas e gays)


Hoje, 27 - nasceu, no ano de 1892, o escrotor brás oleiro, Grosso Iliano Ramos.


Amanhã, 28 de Hot Ubro - O nosso Bill Ogrinho faz 1 mês e net oralmente não podíamos deixar passar em branco esta if merde...

terça-feira, outubro 26, 2004

Tough Brill

Tom Hall, affebre duck Abbu de mim.
4 Tea de Gris, dass...
Tola Cream Jante, e wish Pirro, teimoso, varre o 4º a his paços e faz-me estrume ser...
Já Conde-Feito tou mais Conde-Lírios que habite o hall, mente...
Contudo, marquei encontro com a Lucy 10...
Knock, knock... knocking on E Ben-u- ron's door...
Alho will sure baibe... inté mais ler....


Muxaxos

Altis e para o baile. É necessário algum Savoy faire.
Querem Ritz? Paguem-me a Ceaser!

Papa-açorda

... A cobra foi ao restaurante e mandou vir uma açorda nisca... há quem console a mandra...

segunda-feira, outubro 25, 2004

Absinto muito

La vie d’une vedette is Wanda Full, sparkling como uma tasse de champagne.
O Pai era Lawson (William, ou tio Bill para os amigos) e a Mãe Brooks (Justa Irina ). Com 10 anos dormia em lençóis de White Satin, já tinha Passport, ia a Safaris, passava o verão no Artic e o inverno em Malibu. Um dia o Martin que era Absolut à mente divino em Cointreau-me num dos muitos Bayles que frequentava e foi só Metz. Foi um Rum ó Sumo. De ínicio não lhe Saké o esquema mas qd me disse “Vat um 69”? Brandy da casta: “Moi je fais la différence entre un Champagne brut, un millésimé, un rosé, un blanc de blancs et une cuvée spéciale”.
Absinto muito, Grapa por tudo!

Biss e Cleta

Uniram-se pelo 10tino qual enredo de erro meu e jolly ETA.
Uma história bombástica.
10de criança que Biss não pensava noutra coisa senão na bela Cleta.
Era um homem cheio de pedal e o seu maior sonho era encaixar-se na roda peidaleira da 4mosa Cleta.
E tanto poor fiou cacun quistou e ela sapais chonou 100 remédio.
Casaram.
Slim foi o padrinho amor e cano.
Lindo quadro... Biss e Cleta...
Na boda houve creme, alheira...
Algumas bombadas depois, Biss a Cleta encheu...
O parto foi pró maduro e a tribo ó lado.
Conta-se cu obstruta que assistiu Cleta terá batido com demasiada força no rebento que não queria dar a campainhada da praxe dos reféns-nascidos e Biss, de cabeça perdida afiambrou-lhe uma pera.
Logo lhe foi dado o nome.
E assim nasceu o "Soquei-te"...

Poema Ómar...de....

Valdemar, habita in france, na zona de “àpari”.
É conhecido por Valdemer..d'ici.
Bem-se às bezes.
Faz pow emas..e que coisos.
Feses um blog. Cus powemas d’ill
Ca vão , quelcuns.....

____________________________________

Amor, que ca canatiras
a mnhoca pó alto mar
porque não trazes o em zol
E vens ca pastar?

Ómar, que coisa linda
Bendito quem solha nelo
Flatula nazondas solegadas
O pôr da solha, é benito de se vê-lo

Eu sou uma mecinha
Cando muito namorisqueira
Pedi umas lamijinhas
E ópanhêi-e uma buba deira.

É lagosta, pensei eu,
e a surbeja já corria
Quando a almeja entrou
Eu já mijia

Anda cá, marão
Disse eu, olhand' ómar
À meio, joa de tanto te ver
Ai, que tenho dir mjar

Ó amiga, medusa,
Que flatulas nazáugas calmas
Porque será que tou com fusa
Aqui à borda dazálgas?

Eu vi o équario
À porta da çurbejaria
Tinha mourisco nadando
E eu só sei que nã te bia.

Uma sin tola....30 erros
Lá mjinhas....15 euros
Louva Ganta......30 erros
Ó dass, que tenho os cartons peurros.

Merci, bonne gente.

Valdemer....de France.

Dosign

Estudei arte e d-formei-me em 12hein com 10conforto. Fiz coisas giras, mas o mais giro foi ter abunda, a nado a arte .
Farto, e sóbrio tudo, lúcido, fundei, com uns amigos o Bsign Studio.
Só faziamos coisas destilo. Produziamos estados “et ellisados” em bzonas fixes.
Mais tarde, o Studio, en-tornou-se numa de estalo iria...ser famoso se os meus colegas não fossem bzanosos.
O Famoso Grosso, que era uma ave rara, o Old Parr, eiro, o Low (son), o Chaves, um Regal de rapaz.....entre outros...
Era sucesso Grant ido.
Tudo malte de 45 graus. Sem réguas nem os quadros.
Curtíamos duplicados. Por vezes triplicados, em doses duplas.
Foram anos maravilha.
Trabalhámos para o Casal Garcia, para a Viúva Clicou-se, para o D. Teo12io, e muitas famílias de Bziners famosos e seus derivados.
A nossa empresa evoluiu. Esperamos enveredar por outras beers do negócio.Talvez, a sure beja, nos USA(e deita fora). Como temos lata...inventámos “A Merry Can, the 10emBush drink”....
Esperamos continuar os projectos tanto nos leek coeurs, como nas buidas broncas.
Agora, amigos, vou desligar o monitor do meio e vou de *hic* end.

"Hastalada na bista, borbie.."

domingo, outubro 24, 2004

Ponta pede baliza

"A ponta pede baliza." - disseram há pouco na tv...

Isca é cimento

Um dia li numa crónica do António Ossada Vetusta uma cita a São do cego Borges que via mais largo que havia verde: O 10 Tino do Homem é o isca é cimento!
A morder assim até eu fico cego.
Tão a morder?
Isca essa, p.f....

Prove Mais Erva

. Quem muito vai à baixa o ro cio lhe aparece

. Boa mulher nunca está coisa

. As aderências iludem

. O amor phode muito

. Allah queque se faz de tarde?

. Dasse fazem dasse pagam

. Cada um epox nasce

. Há malas que vêm por trem

. Não à Bela sem tesão

. Manga à cava enquanto a virilha não enche

Ema Leita

Ema batia no peito e pop Ava hóstias porosas. Um dia ficou 100 fé. 10 fez-se em dúvidas. Agora Ema Laica. Já Ema Leita.

Esta, Noéminha_2.....

O meu amigo, continua sem se coiso nos "comentos"
Quem sabe se.....

___________From: Sir culo____________________________

afinal havia outra
a histeria tá mal contada...
eram mas eram os feliz teus.
E o Engolias . tá certo!
No fim... coisa Da vid...
Deste cabo da tua alegria c´a pedrada!
Oh pastor de arrebanhos!
dar assim conta deum cu-losso daqueles
só para ensaiar a " funda" à toa... !???
Ás de passar cá pelo meu bairro para eu também reinar contigo.
Tu então que não és nenhum cu-losso
Passas logo a cu-lasso!
Vai-te lá -eixar ó -abrãao!
Diz que são coisa Da-vid...

yoda-sss!

Esta , Nóeminha....

Tenho um amigo. Sei lá se é o único....
Sei que é fixe.
Não consegue fazer "comentos" por isso mandou-me um é-mole, com a graça dele e nem pediu nenhuma muska.
É um fixolas! Foi a ele que ouvi dizer:
"Dá-me um Famoso Grosso, porque estou a ficar sóbrio" , referindo-se ao Uika.
Curto ele.....
Aqui vai o que ele me E-mandou:

___________From: Sir culo____________________________

Pint à prova & sol tó verbo
esculpir a prosa é o teu 1-2
nus final mentes.

Daqui u iská brawa
Assina
K lingua

Vai lã ... vai !

Como já te disse
Neste Natal matamos uma galinha
e cantamos o
só lamento uma vez

Vemos o
bate umã 4 eva e
descobrimos de uma vez
a diferença entere o clio jornal e o clio cú .
acorda mameio
e se tiveres um quartzo com casa de banho
com vida - me !



O Sir culo.

sexta-feira, outubro 22, 2004

Afronto mentes

Caro Conde:

Cão phirma-se, a Phirma Pereira onde trabalha a Philomena, a phantástica pharmaceutica ( aquela que tem philas à porta) disse-me:
— Tajmahal, Lucia, são afronto mentes. Precisas de Val1 tudo é uma prozacaria.
Em aflição, buscopanos quentes, mas vou ter que dar nas Flu-Ox-tetinas.
— Fazes os coisos que te receitei?
—Está descansada, phalos-ei!

8 ó braço!

Lucia Fera Monas

No meros, famosos

Àtila, o 1no…………………………..Cão, enquistador
2taevsky……………………………...Ex-criturário
Madre 3za, de Cool K tu Tás…..In-formeira
John 4-d………………………………Direc Tó
5vas com chóriço ………………….Prato tópico (hora de comuere)
6kspere………………………………..Dorme, tugo
7ana Lopes…………………………..hell u zionista
Bill G8s………………………………..01100101001
Le9………………………………….....Rebola sionário
Quen10 Tour,atino…………………Rua alisa dor

Cogitações

"A vantagem de sermos velhos não é adquirirmos sabedoria... é conseguirmos levantar-nos da cama com fóssil idade..."
(Com Fuças de sono, séc. Lou Cura antes da Crosta)

quinta-feira, outubro 21, 2004

Biblio Toca - parte 3

1 crime foi perpetrado(cu metido é cus kiss).
O grito de Hall Herta ecoou pelo planeta.
Roubaram a Vóvó Leoteca.
A Vóvó Leoteca era Holly Ground quando jovem striper e actriz porno mas depois tornou-se uma senhora respeitável.
Roubar a Vóvó Leoteca era a mesma coisa que ir a Roma roubar a brasúlica do S. Pedro. Era pró fanar. Só pensar em tal, happy come in Ozo.
Apenas 2 pistas foram deixadas pelo mole feitor: 1 códrado de tecido listrado preto e branco e, pasme-se, 1 dente (dá-lho).
Foi chamado o Inspector Quim Jó do FBD (Fedoral Borrou Dimbestigueixa).
Quim Jó is home hinou os abjectos fanados.
Córror, uma lista enorme de livros in fun ~~~~~~~~~~~~~.

A pequena soraia
O Vulgarzito
Pin Nokia
Becel e Mustela
Bronca de 9 e o 7anãs
Alapa-te e Olá Dino
Apita Pai
Capo o Chino Vermelho
Bombi(sta)

Como um bom algarvio, Quim Jó perguntou: onde tão al pistas?
E lá lhe mostraram o pequeno códrado Odete sido listrado e o dente (dá-lho)...
- Hum, cu agitou Quim Jó, parece um fragmento do fato de um preso...
...e o dente....
...preso e dente...


(Enquanto isso, a cerca de 6.000 kill home trues de diz tansa, à luz de uma lã terna, num quarto escuro da Casa Bronca, Jorge Vucha, segurava asa bessas um livro in fun ~ com o olhar invadido de aliene a São...)

... e ao longe repicavam os sinos da Sé Benny Levin...

(2 bi com tino, Ed)

1 ó braço

Cara Lúcia:

Não é 100 - 10 vê-lo que te digo isto.
Não pugnamos por qualquer 10 ciplina 1000 e turista.
Sabemos que não te 10 culparias com uma 1000 longa barata e que nem sequer nos com 100 te irias tal suspeita.
Seria um comportamento 10 almado, 10 naturado, o 1000hante e in 100 sibile da nossa parte.
Por isso te 10 zemos: 10 cansar não é 10 mazelo e não passamos 100 isso.
Os nossos 10 ejos de 1000horas.

1 ó braço (mas não obre aço, por morde Deujeeeeeee).

10 Motins vos para não postar

1–1ipessoal
2 – 2-me a cabeça
3 – S3
4 – 4rentena
5 – 5pe
6 – 6x
7 – et 7 ra…
8 – 8tite
9 – 9dades? Raspas…
10 – 10culpem qq coisinha

quarta-feira, outubro 20, 2004

10 encontros

Tom Crapp era o seu nome.
Rico, eis-se êntrico, farto de uma vida de luxo e fausto, rude e ado dai tec, herpes lanos, iates, lojas de tótó ages, mulheres, sexo e hot-ó-colantes pirosos no vidro do carro, decidiu tudo isso deixar para trás e tornar-se Emmy Grant de lixo num país do 3º mundo, o mais sobe ó 10 envolvido quem com trace.
Para trás ficou também, Elisa a Beta, a sua nó morada dos tempos diz cola.
Abandonou os St8s num cota marau e 10 embarcou na ribeira do Porto.
- What a Tripa, pensou ele mal chegou.
Durante anos fez de tudo: foi moço de Ricardos, andai-me nas obras, foi cuspido na rua e em jogos de futebol, cheirou sovacos nos transportes públicos, teve, enfim, aquilo que desejava, uma vida miserável.
Um dia recebeu um bilhete que mudou toda a sua existência.

"Tom, Tripei. Tou cá. Ame anã, Bouka Gare, azeite o'clock.
100 pre tua
Elisa a Beta"


Era o up pêlo do destino ao qual não barbeava há longos anos.

O dia seguinte

Tom mirou a tabuleta da gare do metro. Era ali, pensou.
Em letras garrafais que pareciam dançar agarradas à barriga lá estava escrito: BOUKA GARE.
Mas logo ali a vida lhe começou a andar para trás.
Ao descer na escada ralante, fincou mal o pé que logo lhe foi inapelavelmente triturado pelo esfaimado escadote, que dele fez farinha de pé.
- Bem podia ser pior, pensou, ao imaginar a escada ralante a fazer de uma parte dele farinha de pau.
Mas como um mal nunca vem só, além de ter ficado sem pé, ainda teve de rastejar penosamente pela plataforma porque se esquecera de validar o Andante.
Até a ânsia de chegar o tolhia.
Era a hora. Postou-se à espera espumando pela boca como um dirigente de clube de futebol, ansioso pela chegada da sua à moda.
Viu-a chegar descendo apressada as escadas 4 a 4 enquanto segurava o seu chapéu Dior e punha pode arroz no rosto. Só podia dar empate.
Logo ali percebeu o seu erro.
- Merda! - tinha-se enganado na plataforma.
Elisa a Beta, quedava-se ansiosa do outro lado da pelota forma, os braços estendidos, os olhos suplicantes de amor e murmurava: - meu amor, Crapp!
Aquele 4 metros pareciam-lhe agora tão largos como o oceano passo e fico.
E ele ali, rente ao solo, como que dominado por um jogador brasileiro de futebol.
De súbito ela gritou:

- Crapp, Pula!

Crapp levantou-se frenético mas o silvo estridente do comboio logo o fez deter-se...

- Crapp, Pula! gritava a Beta a plenos pulmões.

- Ai o metro! Pulo o Tanas!...

Barbie Tour

Se vires a Barbie do teu vizinho a arder, põe a tua de molho...

Sloga n € óptico

Vivam os €€€€€€€€€! Abaixo os chifrões!....

terça-feira, outubro 19, 2004

Grogue ante a funda

Eles eram dois.
O puto David(a) e o (en)Golias.
Uma cena peidófila de vir ar tripas com uma molhada de gente voyeur a assistir tomando um 10 eu nesse sou leve.
Começa o 10 a fio e (en)Golias atira com um "ganda pastor" ao puto David(a).
O puto passou-se e fez-lhe um manguito.
(en)Golias contra-ataca mostrando-lhe o último modelo de consola de sapato produzido pela Nin tin tendo pá...
O puto David(a) faz uma finta de corpo, vira-lhe o cu e mostra-lhe a mão direita num gesto que fez lembrar a cabeça de um touro do (es)Picasso-o e ele vice abaixo.
Foi a gata que fez transbordar o copo.
(en)Golias arremete com a sua porte entusa, dura e @lética figura contra o enfezado e subalimentadado cure pinho do puto David(a), da ó 1000 de família dos Abreus.
Ninguém acreditava noutro 10 fecho que não o da derrota do puto David(a).
Mas avós corrente que prós agnósticos só depois de jogo.
O puto, com a velocidade de um cu a asar, saca do fatal objecto (a funda) da fralda da camisa, tira um pedregulho do sapato, e com ele o arremessa à farta tola do en(Golias).
A brutal pedrada falo estacar e o (en)Golias ali ficou de olhos arregalados, grogue ante a funda...
Tombou...
O puto David(a) aproximou-se, examinou-o e pensou: "afinal o herói tem pés de burro.."

El Cuolé Mau

O Copo Cheiinho, Brumelho, levava a pipa na mão.
E ia cantando, estonteada, com a sopita do Cheval cansado.....

"Hic...à tou eu....
Hic..ss tá bem.
Vou a Hic..asa da bóbó
Fazer um r..Hic...ado à Mãe"

Eis senão, quando o Lobby mau apareceu.
"Yo...Onde ides tu, pequena ginja?"
"Vou levar o binho a avó Zilhame que é velhina e litrada."
"E vais por onde? Pela vinha?"

A menina, que já não brincava com bejekas, exclamou.

"Vó de ká e de lambreta."

O lobo em Shandy...céu. Tava traçadinho de fome. Até marchava um “coeur acto”.. e a miúda era do barril.

"Olha, amarguinha, vai pelo caminho da taberna." disselllle ele.

E a mini-na , Vv-Rum, Vv-Rum, lá foi indo.

O lobo correu para casa da vóvó pensando alto:
“Ai, champanho-me em casa da Velha,... reserva, apertolle o gargalo.”

Chegado, bate à porta [de Cavaleiros]....

“Quem é?” pergunta a velha reserva…

"Muééé e chambôm. Sou umó -bilhinha de Borba Branco."

A bóbó zita abriu a porta do meio...(porque via 3)
Assim que o canídeo se viu lá dentro...foi o que se viu….

Quando o Copo Cheiinho chegou exclamou:

"Mas que olhos tã grandes bibó"
“Ed a russaka, netinha"
"E a zorelhas?"
"Ed ouvir bocas, netinha..."
"E que boca tã grande…"
"Ed te .com..."
___________________________________

PEN_ALTY E PARA O BAILE!!!!
___________________________________
Entra o taberneiro espumante da boca:

"Quem bazou sem pagar o pirata? Càlice quem não quiser levar no vasilhame."

O lobo mau e a avó, a cair de maduros apontaram, para o Chupa Litro Bar-melho,.....meio tinto, meio branco.

A mine-ina levou com 2 martelinhos cheios e absintou-se.

A avó e o lobo bueram para as...quecer.


Moral da história.

O Al Cu olé mau. Hello,cinha a gente...já dizia o Casal Garcia

Tone Herboso

Sim, Tone Herboso, deu-me agora um estrume líquene e umas polpa hit acções...
Quero-me raspar, sumo ir daqui, 10 arvorar, fugir a 7 upês... dass, que nervuras!

Mais Besta Cotas

Térmite Heitor - Jaime Camarão
• Faca Yo A Solo

Jó o Encharca - Esteves Espia Alberga
• Tananã nanã nanã….

Guerra das Estelas - Jorge Lúcio
• Ganda Yoda!

Qualquer Filme – Mané Aloé Vera


Balde Corredor - Ride & Escuta
• A Corda! Vais mollelle!

Exijo Explicações

Então? Estou Enervada, Encorajei, Encomendei!
Embatucaram, Encolheram-se? Esperava Embevecer Em Enlevos Escritos…
Enaltecer Em Edições, Eloquências E Ejaculações, Em Elogios E Erudições. Épah…Exijo Expressões Eufemistas, Emoções Epíforas, Énalages Elipsoidais, Epanadiploses, Epânodos, Epanalepses, Epíforas, Epizeuxes, Eufonias, Epifonemas, Expleções, Epitocrasmosepítetos…
É Espinhoso? Escarpado? Exigente? Encrencado? Esforcem-se!
Escapa ela, Essa Emforma-nícka, Embora Estrebuche Embriagada Em Embates Engengrados, Espanta-lhe Este Eiatime Elitista .

Exequatur!!!!! (exclamações)

Desk Urso

"A vida é uma grande amassada".

(discurso proferido por Conde-Lírios nas comemorações do centenário do 10aparecimento do é-mole do Dill)

Hey Tim

Lembram-se do A-Team? Pois, somos nós...
Eu represento o preto com cara de mau, ar feroz e umas beiças mais raivosas que as de uma bicha da pesca quando morde o anzol.
A Lúcia-Fera é a gaija boazona como as dos calendários da Michellin, de olhar flue minante e que tem nos sovacos a mais mortífera das armas químicas (cuida-te ó Vucha!)...
O Dill_o_Ente... bem, o Dill é aquele man, ganda naisse, que manda fazer, encosta à lateral e dá o smile irónico, gel na trunfa, ya, tão a ver? o gaijo que só fuma Chá, Rutes e Cátias Banessas...

(Conde-Lírios, em jeito de Cunfia à São)

segunda-feira, outubro 18, 2004

Sloga pógu Berno (Ganda Caldeirada)

Caros Sid Adonis!

O nosso Ugh o Berno, come nistros como Barbatana Lopes, Berbigão Félix e Toino Mexia Lhão, é ugh o Berno mais up tecível doop La Neta!
Vocês Sável há!
Gritemos: Ugh! O Berno é Fish!

Apelo ao Sr. Be Gone, Fónix

Hoje é dia de lamentos, constato agora.
Desta vez foi a minha vizinha, a Gina.
Veio-me chorar no ombro, qual Moda Lena de Caras à banda.
Diz que já não aguenta, que teve uma educação religiosa e não está para aturar isto.
Anda nisto há anos, já perfurou os tímpanos para deixar de ouvir mas até pela cara que fazem e pelas vibrações que emanam quando lhe respondem ela percebe tudo e só lhe apetece fugir deste mundo que não lhe deixa saudade.
Se reclama do preço: - "Tão caro, Sr. Artur?
- É o IVA, Gina.
No médico, na hora de pagar a consulta e só porque pede recibo: - Olhe que tem de pagar o IVA, Gina.
Maldiz o dia em que se tornou contabilista.
Lá no emprego é o IVA Gina para cá, olha o IVA Gina pra lá, IVA Gina a toda a hora...
Sr. Be Gone, Fónix, isente do IVA a Gina!........

O meu é_mole

"Amandaram-me" um "é-mole".
Tentei agarrar, mas…. dill_o _iu-se.
Só podia ser do dill_o_ente que eu uso.
Não sei o que dizia
Que dizias tu?
Mandas outra vez??
Mandas muito?
Adoro quem manda…nos moles.
Como diria o Conde-Lírios…”há moles que vêm por bem”.
"Amanda" outro.

(cute xpero)

Móni Toq

Sou 1 In Dollar_atra.
Não curto maravedis.
Ex_cudo-me de dizer que ando nEuro óptico por ver tanto móni mal gasto.
Não se brinque com a x-pécula, São.
A São disse: os Reais, do Broo zíliss, são um coisa tremenda. Sao 3x menos. São apetitosos. Depois key-chei-sem-eles. Que vos sirva de emenda.
Adoro bolos com al_mendras, torradas. Isto é um, à parte.
Poupem os nEuros, os Ouro & Ginais.
Os nossos.
Os deles.
Dasss.

Confissões da Ester à Lina

- Bolivar or not o Dinar não traz felicidade, principalmente qd é pouco. E não digo as coisas de ânimo Lev. Com Franco eza Dirham algumas pessoas que desconhecem o Peso de andar com os bolsos ao Leu e que passam a vida a gastá-lo nas Zloty Machines. É um Marco a atingir, uma Coroa de glória. Libra-te de não teres pataca! Real mente pode ser um Dracma como quando a Lira estava Af Lita e foi parar ao Xelim dró por não ter para pagar a caução do Florim qd o mIene foi apanhado com o Colon repleto de ganza. 3 Tesas não pagam dívidas!
- Lats pero!

Carpa Diem

Amigo, Carpa diem…nem todos os dias temos a frescura que nos é em posta.
Burro, yé, quem não compreende isso.
Há… lã, Preia mar e Baixa mar.
A graça seria “baixamar…coiso a outro…..tázaver?”
Mazisso, é pós básicos. Pecebes?
A graça, tá na Lã Mijinha, que põe qualquer 1 de nós ui-midos!
O mundo é uma caldeirada de coisas boas.
Não angulas em seco.
Não bazes Ómar, toino.
Como dirias tu: "come uns Zóis, happy Can’t."
Nem tudo o que cai na Web é fish.
Deste teu amigo…

Coll, da linha

(Do Romance: Os É-moles, são para os amigos)

Posta de Lamento

(polvo ilhar com uma pitada de sal à mão)

Hoje estou tão Lúcio que não consigo dizer nada suficientemente Pargo.
Taínha uma ideia que me fugiu vaga, numa vaga qualquer. Não Moreia ideia e ela isca fedeu-se... Há dias assim em que Alga nos tolhe a idiotice.
Tentam consolar-me dizendo-me: "deixe lá que alguém há-de Coral o disso"...
Só me apetece gritar: - Xaputa Carpa riu isto tudo!
Talvez um Mero acaso me liberte para a Maré de parvoíce em que aspiro mergulhar.
Polvo sim, Polvo não, fica aqui registado este lamento, em posta.

Pessoal português,

Procuram-se Pessoas Pouco Ponderadas Possuidas Por Própositos Palavrejantes Palpitantes Paranóicos Para Pôr Postas Por Página Por Pura Paixão Pela Piada. Pagamos Pouco Porém Prometemos Prazeres Piramidais. Ponderem Pois Portentosos, Porém Pasme-se: Proíbimos Pardacentos Palermas Pudera!
Passem Palavra!

Ó se é, Anarium

(C1 berça de sure beijaria)

“Atum, que me contas?”..perguntou o já Quinzinho.
“Que mer de vie, mon ami. Trabalho na TV e....” disse o camar1
“Boa!”
“Estamos a gravar a No Bela do mundo Sub Omisso”
“Fish! Tás numa de estrelas do mar?”
“Nops! É tudo mer, isco sem tola”
“Mas isso é show bizzz!?”
“Nops. O Bizz Hugo, é o produtor. Pecebe??”
“É? Alta cena!”
“Sim. Anda atrás de uma petinga. Foram apanhados nos linguados”
“Ui. E é Lagosta?”
“Não sei se vai dar raia. Dizem que lhe cantou uma Lula Bye”
“Achas?”
“Ela adora marcas. Curtiu com um que adorava marcas”
“O lover Gant?”
“Yep, esse mesmo”
“Mas ele andava com uma dourada…”
“Era uma faneca, mon ami. Agora anda nas festas do Sir dinha e da Lady Dinha”
“Tadinha”
“Um cara de pau”
“Mas ele sempre foi mexilhão”
“Sempre. Teve sorte de não apanhar a El Forreta. Nunca mais bebia vinho de Borba, o tanas”
“Pois…essa tinha-o posto a urticar”
”Sim, olha mon ami, vou voltar para a caldeirada. Fica bem. Para a ostra vez, apita”
“Tu também, vou ali fazer uma Lamejinha e vou comer umas vírgulas. Até sempre”

(2 bias com tino, Ed. Surber cuma boo jeka…blurrbb)

Shot story in Copy Rasca

Pablo, era um mestre.

Um mestre na arte do toureio.
Toureava letras. Cresceu em páginas de livros de todo o género, numa biblioteca que já foi demolida.
O pai tinha sido um Tratado de Medicina e a mãe um Romance Clássico.

Pablo mostrou mestria a tourear frases inteiras, passando para os parágrafos, chegando mesmo, a bandarilhar capítulos inteiros antes da idade adulta.

Começou em Crónicas de jornal mas rápidamente se notabilizou em todos os formatos. Chegou a ser aplaudido em praças A3, em edições de luxo.

Frequentou ambientes variados. desde Azerts a Qwertys. Era reconhecido mundialmente. Foi vogal de muitas frases famosas.

Casou com uma frase típica de revista “cor de rosa”.

Deslumbrado, pelo sucesso, meteu-se nos copys rascas.
Teve muitas interjeições pelo meio, o que destruiu o seu casamento.
Viciado em frases feitas, acabou por morrer de over d’A _Z.

“Muita imagem e pouco texto”, foi a causa de morte. Segundo os criticos.

Foi sepultado no prefácio de um Best Seller.
Descansa na prateleira das aventuras.

Deixou incompleto o seu livro de memórias.

Nunca foi pablo&cado.

domingo, outubro 17, 2004

Os lesma andamentos

1 - Hum, pára aí.

2 - 2 pois a gente faz isso.

3 - 3 tesas num pagam dívidas. Ri, Laxa.

4 - 4 a palha são lixas tudo. Byke on calma.

5 - 5 olha e durma.

6 - 6 té bommmmmm; a sesta também.

7 - 7 hey cool.

8 - Oi, tu! num stresses.

9 - 9 Ás de pressa.

10 - 10 cansa.

Justiça para 9 e Dick

Não a conheci mas foi-me transmitido oralmente.
Aliás, era a especialidade dela.
Atacava pedindo boleia e dado o enorme volume das suas coxas, chamavam-lhe "coxa a lote". Nunca percebi porquê mas isso é irrelevante.
Todos os relatos da época diziam que era horrenda, feroz, má, enfim diziam dela o que Maomé não disse do toucinho.
Um dia, arpoada e ferida de morte por um boleeiro, finou-se.
Sei agora que tudo o que dela diziam era má-língua e fruto de invejas incompreensíveis.
É que recebi agora uma foto dela, enviada do céu, rodeada de orca-anjos...

sexta-feira, outubro 15, 2004

2 late Ninformaniaca

A Leide motiva:)))))))

Viet na mongo

(ler com pronúncia vietnamita)

Ao telefone:
- Tó? Tah lha?
- Dang Ni, tu chi gou?
- Si Tó. Chi guei ion té!
- Dang Ni, bah muh ash phu tah?
- Da nang, Tó, nô poh deh. Tô teh su.
- Ton ben dahí tô ma un chá, Dang Ni.
- Ta Tó. Jah Bou.

(Dang Ni chega a correr esbaforido)

- Tais bafho ri dô, Dang Ni?
- Si, bin ah cuh ré, Tó!
- Ton tô! Ton tu nu vietnamota?

Posta à Leide Informa Laica

A leide abafa

A leide abufa

A leide ass ópera

A leide arrenda

A leide Táli On

A leide só limão

e

A leide tudo o mais, a leide tem big God...

the 10 comments(mentos) of the previous posts...

1 - Não farás blogs à minha imagem.
2 - Não adorarás mais nenhum Deujemelibre, sem ser o Conde-Lírios.
3 - Não evocarás o nome do Conde em vão (-se....Fónix)
4 - Trabalhas 6 e vens pastar no blog ao 7º!
5 - Honras o Pai e a Mãe, mesmo que nem os conheças.
6 - Não matarás, nem que não tenhas novela para ver.
7 - Não cobiçarás, o blog do próximo.
8 - Não roubarás uma idéia alheira.
9 - Não mentirás, nem que sejas pool & tíco
10- Não cobiçarás, a fortuna dos que não cumpriram os mandamentos anteriores

Poisés (cas tábuas da lady)

Bestes Moobes...

...in besta wards.

Bin Her [1957]
An American telha.

Bombé [1962]
O animal "coixo", sem pai nem mãe.

2 milfs e um disse: “Heya!”, sem espaço. [1968]
Fricção sem a Tia, fica.

Ex-Ursista [1975]
Troca o “pelúcio” pelo demo.

O Pedrinho [1979]
Na má, não se fia.

Blend Ranho [1982]
Repli kant. Fill a Sofia.

Hey, Tia [1984]
Alianos da PT q o pioriu, fónix home.

O No Mene da Roça [1990]
Com vento e poor caria, Compadres.

Dei Ar De...-(1,2,3) [1900 e dass]
Assalto ao que arranha a Céu.

Asma Guide On (1998)
O hasta Roy Ed, contraterra.

Meretrix [1999]
Linhas nEurópticas.

Ó Siena, eleva-me [2000]
Big assalto, alto, ao coisinho.

A Sinha 12 anillos [2001]
Jé Costela Branca, cas bestas dos Trolls

Minorca Re-Porto [2003]
Pré visão dos resultados do furta o bule.

InDrominator: In Proud Action

San Tino Lopez - director.
Paul Doors - Pro doce...her.

Soon to beers out!

quinta-feira, outubro 14, 2004

Sele Osgas

- "À Bounty camarada, à Bounty..." - (Peça o Pê... de cabra)

- "Junta a tua à nossa avó!" - (Lar de 3ª idade)

- "Evite-a! Borre cimentos!" - (graffiter referindo-se à bófia)

- "Se quer ganhar, faça... bá ó Totta!" - (Bronqueiro)

- "Àvida, inspira-nos!" - (Milene e 1 Vem-se em Pé)

O Páteo dos Pop_Oleiros

O veterinário disse: o gado está bom!
Depois conversámos sobre os concorrentess.... as vacas, as galinhas, os porcos, etc.

Armó Real Luz & Tanas

Al Buga à Ria – 10-100-dentes de Pai Delgado são de Oleo&Cepo
Albuqueca – 10-100-dentes dos Men SSSS com sangue de Casta Fatela e Potra Galo
Ata & Ide – 10-100-dentes incertos presume-se que provem Eggs Mornay
Ás& vedo – de Bar Sê-los
Beta & Cura – 10-100-dentes frã acesa estabeleceram-se na Mad Eira
Castelo bronco – 110-100-dente incerta são do Reino de Ara Gone
Escorte-Real – de Trevira
Eça – 10-100-dentes de Dump & Draw e In És de Cast
Gama – de Oleo& Avença
Masca-ranhos – de na Mira Dela
Men SSSS – 10-100-dentes de D. Fui Ela II, Rei de Lee On
Pa cheque – de Sell Ourique da Beira
Pessonha – de origem Gene-Ó-Feze
São Paio – 10-100-dentes do Enfant Fernando
Se Queira – 10-100-dentes de Gonçalo Ancas Redondas
Taxa e Ira - 10-100-dentes de D. Fofo e Luz

ó 1000 daddy!

A aquecer ó 1000 de.
Foi a lição que me ficou das minhas aulas de latão, além da frase "É raro Emanueis".
Acho que quer dizer "urrar é o mano" mas não tenho a certeza.
Perdoem-me que sou ó 1000 de...

Velasquez cena

O Klee és Picasso home! Até Gauguin Jay... Saí Dubuffet a correr tanto caté fiz Frida e Kalo... Dali pá frente tive mais cuidado... Velasquez cena! dass

Ocre vergonha

Eyck ca cena, Mané, Tou loose, Doutraque, comi Bacon ao pequeno almoço. Que faTela! Vejo-me Greco para disfarçar, até o Cãodinsque cheira mal! Seurat que passa com um Bon arroti?

Baiuma à posta?

Era um jogador inveterado. Punha selotes nas cartas, bebia jarroletas de vinho e comia totobeletes de chocolate. Peixe, só a posta.

quarta-feira, outubro 13, 2004

Phrases xitadas de mubes & musicianus (Gandas faquires)

Allien - O Oitavo Passageiro: "Má da faca..."

Allien II - "Faca mole, faca mole..."

Rambo: "Má da faca..."

Commando: "Má da faca..."

Terminator: "Má da faca..."

Ferro Rodrigues: "Má da faca..."

Prince: "Omo sequessi má da faca..."

Pedro Abrunhosa: "talvez fuck ir, talvez fuck ir..."

Arre home, bah!

Estou aqui com a secr@ária @afulhada de papéis e vens-me desinqui@ar?
Dasss...
Eu sei que és um tipo @lético mas levas um bufo hard-o n@romba c@é arre hot as @remoço...

Arrou(m)ba

Arrouba é Tuga.
No planeta diz-se: @.
Por isso vamos aprender a ler.
@enção!
@é hoje, o povinho dizia arrouba. P@éticamente….
Mas há que @inar de vez. Em vez de se @rapalharem, usem @ecla certa.
Não 10@inem.
Sejam “cidadõezes” @enciosos.
Não @aquem o ppl com m@traquilhadas.
Dasss

In De Moobes

Cinema.
Esse imundo maravilhoso.
A actriz estava em frente à camâra de fVilmar, de mouros….
A real_Izadora, Duncan…to gritava através do mega fónix:
“Faz um Streep, tipo Meryl”
A hack triz, enervada, tomou 1 Benafleck e deitou-se com o frasco.
O Pro Doutor gritou irado:
“Dassss, Tin. Off, man!”
As luzes apagaram-se.
Filmamos amanhã.

(2 beer, com tino, Ed)

Digam de bossa...

Hoje dei por mim a escrever num envelope:

"Exmº Senhor
Chefe dasse Cretaria...."

Isto é grave... Diga de bossa, Justina.

Mais Besta Cotas

Há Pouco Calipso na Nau — Xico Cópula
• Se eu digo que te safas nesta cabra é porque te safas com esta cabra. Está na palma da mão!

Acaba à Ré —Bob Fossa
•Vil coma, Bé vem nua, o elo coma, acaba à ré , acaba à ré, acaba à ré!!!!

Dread Pó@ Sósaiati — Pedro Vai
•Ó Cabo, meu cabo! Carpa a dias

Good Morning, Vieste man! — Berra Leve Insano
•Goooooooood morning, Vieste Man!! Hey, isto não é um teste! Isto é roque enrola!

2001 Espaço Ode&Seia — Se Tem Cubico
•Tenho cagaço, Dava tudo para não ter.


(Conte & Nua)

terça-feira, outubro 12, 2004

Crónicas de Ali Ólado - 7

... O país era tão pequeno que inevitávelmente tiveram de mandar fazer anexos e um recuado.
Só podia expandir-se para baixo ou para cima.
Mandaram cavar um mar tão profundo onde nem sequer a salsa tinha pé.
Decidiram abrir um buraco no ozono para construir um recreio para as crianças terem onde brincar.
Assim, os miúdos em vez de andarem aos ninhos andavam aos meteoritos e aos mete OREOS.
Mal atingiam a puberdade eram autorizados a brincar no cometa e de lá regressavam com um ar 7 is feito.
Era uma gritaria, um rebole isso, em suma, um ferra o body, Ó!
Mas os pais, mal eles chegavam a Casa, "xiu, nem Pia!".

[parte do texto foi omitida para não violar o segredo da Justina].

(2 bic on tino ed)


Vozes Wagas

- Alfa, Romeo, scooter…
- Chefe, Olé!
- Atom, Martin?
- nHyundai, ChefeOlé
- Honda lá pá!
- Opel à Mercedes, tou feito.
- Benze a vaca.Lancia-te à vida, audis ver que te safas.
- Daewoo caraças! Tenho a Peugeota à perna!
- Jaguardava essa… ca ganda Skoda!

Prove erva

. Domá-lo menos!...

. O Folk quando Nash é para tolos...

. Quem vê caras num beco... orações....

. Muito IVA pouca Sisa.

. Deus dá 12s a quem quer meias-doses.

. Muita porra, pouco dasse... ufa!

. Mais vale pró Boone ir do que o Remo odiar...

. Quem canta, seu mal é ponta...

. Nem tanto, oh mor... nem tanto... enterraaaaaaaa!....


Né-Ó-Ló-Giz-Mus

(A phone ética encontra-se entre parentes rectos.)

after-shave – [afta seiva]. Tipo de seiva para aplicação na língua quando ferida por barbas duras.
apartheid – [à parte-ide]. Sistema político-social de segregação racial cujo intuito é o de mandar os “espertos” àquela parte.
boche - Ordem pejorativa com origem na I Grande Guerra Mundial, dirigida aos soldados alemães ou a qualquer alemão com o intuito de o fazer ajoelhar.
boer – [Buer]. Sul-africano de origem ó-lindeza, que bebe muito.
cockpit - [Coque Pito ]. Lugar reservado aos pilotos num avião, nave espacial, carro de corrida ou em qualquer outro local para observação.
destroyer - [Diz Troia]. Contratorpedeiro usado na Guerra entre Gregos e troianos.
füher – [furia]. Líder irrado.
leitmotiv – [leite motiva]. Bebida sobre a qual se insiste com frequência.
manicure – [man é cura]. Homem que trata das senhoras que estão de mãos a abanar.
napalm – [na palma]. Gasolina gelificada por meio de palma e tacto dalle-o-minimo.
rap – [rape] Música rápida e ritmada excutada com uma colher no fundo de um tacho.
Sinn Féin – [sim faine] Expressão utilizada pelos irlandeses para concordarem.
trust – [traste]. Associação financeira de vários individuos com o fim de dominar o mercado.
vodka . [vou de cá]. Aguardente russa tipo red bull.
volt – [volte]. Unidade de força.

F...ass 10 ió shit belts

(para ler muito depressa)

Como alface, ténia e shit belts ao pequeno almoço.
Soap e loto.

Hot-or-Otário

Há couve de ser e mainada!

ou

À couve descer e mainada!

segunda-feira, outubro 11, 2004

Crónicas de Ali Ólado - 6

... Era um país tão pequeno que só tinha um Emmy Grant chinês. Chamava-se Cho Min He e vivia num telhado por falta de espaço. Mas sentia-se mais perto de Deus e por isso chamava àquilo um Pah God!
Tinham graves problemas religiosos. Naquele país Deus não conseguia fazer 1000 agres porque só lá cabiam 2 ou 3 agres de cada vez.
A igreja era ao alto. Jesus Cristo, na cruz, ficava com os braços de fora das janelas e as criadas faziam dele estendal de roupa.
Na missa os homens tinham o estranho costume de lamber as mulheres na face em sinal de respeito e veneração. Era uma autêntica torre de "babe ela".
Até o Papa, quando se ajoelhava para beijar o solo, beijava o solo do país vizinho. Nessas alturas deixava o "papamóvel" na garagem e fazia-se transportar no "papapsiché".
Só tinham um pombo que era meio vesgo e até tinha nome; era o Cagaí. Adoravam-no porque acertava sempre nos outros países e assim o país mantinha-se limpo.
O aeroporto ficava no 5º andar de uma casa de sobe e desce sem elevador. Tinham uma frota de 3 aviões de papel mas usaram dois para apontar recados.
Quando alguém tinha um erecção, 3 cidadãos eram empurrados do país para fora e sofriam pesadas sanções da ó Nu.
Eram pobres. Não podiam andar com as carteiras cheias para caberem todos.
Tinham um decréscimo de natalidade incrível porque não havia espaço para abrirem as pernas.
Era um país tão pequeno que mesmo um semi-tério não era meio tério mas sim um milésimo de tério.
Os mortos eram picados e enterrados em embalagens da McDonalds.
As calças à boca de sino estavam proibidas.
A maior virtude do país era a saúde mental dos seus habitantes, já que não havia espaço onde pôr a Nóia...

(2 bic on tino ed)

Triumph Ode

Phoebe ri
cava 7 yas
et l'anje ri...

Ó de Mar(íntima)

Up teceu-me mira praia
quera 1 sonho queca tinha,
mas taba mêmo asse unhar!
de arre pente dê 1 traque,
rabe entei ca casa toda,
acordei e fuif.... O Mar!

domingo, outubro 10, 2004

Mao-7-1

(usar pronúncia chinesa)

Din dong
“Kin yé?”
“Yé yó, Ming”
“Kyé Kyé?”
“Ming ké Vê yu, suey”
“Piké, ming?”
“Pook sing, Suey”
“Ké bom, ming”
”Koom taá tuoó, suey?”
“Yé, tseé bong, ming
“Foo chi! Taá soó, sin ningyén, suey?”
“Sing. Tó soó. Tsé sing nin guiyén, ming”.
“Puoó Sin tráy yé,suey?”
“Noó daá, Ming”
“Pin- ké, suey?”
“Tiao noo-áh. Sin roô-pá,ming”
“Too Taá nu-àh, suey?”
“Yé, toó dáh nuá,ming”
“Ooooó. Yé Chop, chop suey, hoy-jé??
“Noo dàh, ming. Noo Dóh ming daà.
“Oooó. Yn-Tong ming vai-tsé. Yé volteé nó doh ming-Oooó. Yng té mai vé, suey”
“Xau xau, Pá-si”
“Xau ming, béijing-ó”


(O polco é dasss. Xau-Xay jaá. 12 Ilós poó pssoeé))

Má Temática

A ministra das Finas Ancas foice. Sabem como é, as coisas boas nem sempre Durão.
Agora temos um home nistro. Bate muito no peito com o código do IRS a merda que eu dou-lhe o arroz. Mas se no bolso dele houver Bagão, o gaijo tá Felix. A classe muda é que TAP e ursa.
Contem comigo - disse ele.
Como se a gente soubesse contar ou entendesse as contas deles.
Adicionam uns jobs 4 the boys, multiplicam as aldra visse-las, dividem mal, o mal pelas Andreias, e subtraem-nos a paciência.
Este país não existe. Dizem que a culpa é da maniconomia. Estão doidos, ou quê?
O mal deve ser meu que não sou bom de contas.
Merda pá Má Temática!

Biblio Toca - parte em 2

Entra o Eça do Isqueiro: - Ois!
O Rui Malho larga uma farpa com um olhar de estante.
- O que é que ele tem?
- É o colapso da cidra com Milo, diz o Peçonha.
- Mas isso é maneira de tratar um Pessoa? entrega-lhe esta Mensagem; ou se emenda ou dou-lhe Creme do Podre, a Murro! Vai lá e deixa-te de tremeliques, vê lá se não me 10 Maias aqui!
(cá pra mim o gaijo droga-se, pensou)
Entra o Otário Pobre e senta-se Só a fumar um Garrett alheio a tudo.
O Eça desespera-se:
- Toumapassar! dirige-se ao Armário do Sá que é Armeiro e tira uma espingarda. Pelo caminho cospe no Incesto dos papéis. Invade-o uma Loucura súbita e sente já, da boca, o Céu em Fogo.
(parece que vim parar no meio de uma Confusão de Lúcidos - penso eu).
Tal como o Pobre tento alhear-me da cena e olho pela janela. Lá está o Antero no Quintal a regar o Cesário Verde. ( isto sim, é uma cena book-oólica). Ali ao lado pasta a oVelhice do Padre Interno. Com a fome fazem uma Guerra na Junqueira.
Na passagem de Nobel está o Sr. Amago, paciente, à espera que passe o comboio de corda.
Mais longe a Florbela Espanca dois arrumadores que lhe esmurraram a 4 go neta onde transporta os sonetos, os primos e a criada.
Camelo! Casmurro! Bronco! - grita o Eça do Isqueiro.
Acordo daquele torpor.
10casco-me a rir.
Humor dá perdição - avisam-me.
É o Fim... vou ter de carregar com o Gordô... quem me manda a mim ser um burro ajaezado à onda lusa!?...

sábado, outubro 09, 2004

Todd Went Again

Estou outra vez doente.
Sinto-me mesmo nas Barcelonas, como se me tivessem lançado uma Ma(l)drid ção.
Nem a dieta de bifes com Moscovo a cavalo e Berlim os de bacalhau me dá forças para continuar.
Passo horas a Berna necrologia como se esperasse ver lá o meu nome.
Já não consigo aturar as vizinhas. São forretas e nem um Amsterdão. Bruxelas eram e bruxas serão até à eternidade.
A vida é uma Tirana!
Eu bem sei que sempre fiz o que me deu na Veneza e as mais das vezes foi tudo um grande Riga bofe.
Até Estocolmo demais como se sentisse a morte chegar e já nada importasse.
E tudo isto só porque li Oslo síadas...

Nonsense Fonético, queca é isso?

O nonsense fonético é como fazer amor; a gente há má língua e depois 10 monta-a.
Por isso dou-vos um conselho: Amén à língua e evitarão muitas vie agruras...

Cara Ibas:

Preciso de férias, estou farta deste escritório cheio de Mustiques, Barbudas e re Barbados! Ah que saudades do Bonaire. Quero é gaijos de Bermudas, com uma Cuba livre na mão! Antigua mente a Costa da Caparica fazia as vezes mas agora, tudo o que seja mais perto que os Turcos eu não Kaico. Sim, admito que tive um pequeno Belize com o Sousa da informática, valha-me Santa Lucia, que nem me quero lembrar. Agora, de malas aviadas, Haiti que me impeças, estou disposta a tudo até a lançar Grenadas. Cancun eçou a implicar foi o chefe mas fui à secção de pessoal, falei com a Guadalupe que tem bom Curaçao e que é Hispaniola, que me disse, “filha Aruba as coisas que eu trato do chefe. Se calhar nem Jamaica voltas”, pois, pensei eu pegando no Tobago, Nevis say Nevis

Tua Dominica

Fui ao Circo Chen

Fui ao circo Chen ó Fobo, mas choveu tanto, tanto, tanto que quando cheguei tava lá uma grande Anão da São... Nem o feno ó Meno xcapou, dasss...

Todd Went

- Índia são 6 da manhã e eu já cheio de tosse.
- Bebe um Chade camomila. Coreia minha com isso.
A esta hora Japão quente para acompanhares.
- Já Tibetes tosse mais vezes e passou-te.
- Ainda bem que fiz a China tura das selecções; vou ficar a ler!
- Bolas, Taiwan o Novo à porta e eu na cama doente.
Deve ter sido do frio que apanhei na Islândia.
Bom, há Malásias que vêm por bem, sempre descanso.
Irão demorar a trazer-me o remédio? Demoram a Iraque asa do médico.
Batem à porta: - Quem é?
- É o Benim. Diz ao Rei que já há VIC.

Baile Bar, na Bilha

Ao telefone:
- A que horas nos encontramos?
- Azeite o'clock.
- E aonde?
- No "Baile Bar".
- Onde fica isso?
- Na Bilha.
- Ok mame N, vou apontar para não me esquecer:
- "Baile Bar, na Bilha".


sexta-feira, outubro 08, 2004

Ruskasss

"Putin, the beluga" disse o presidente, referindo-se a este bulldog.
o KGBaba-se, cumpriu....
Mandaram o Tó Verichto e pastar as news!
Enquanto os campangas, soltaram os Bules Chatos e bueram uns chás gelados, à moda da See Beira.
Entre tantos, os Tchau Tchenos faziam B52´s.
Ca bombas!

Homer Hic

O tipo olhou pra mim com cara de Ontário.
Adivinhei-lhe o pensamento: "ganda Alaska!"
Tirei os óculo(haomas) e sorri-lhe:)
- Dá-me a Cana, dá?
- Apetece-me dar um Wash, inton, à minhoca!
Ajeitou a camisa Florida e arreganhou as Texas todas.
Ganda cremalheira!
Puxei Dakota de malha de apanhar 9 ai Orcas.
Atirei-a ao Rio Grande mas só apanhei uma Yellowstone.

In Lab

No laboratório.......
Perguntaram à Hormona J-zé:
“Heinz beinz ou Mercedes beinz?”
”Hyundai q eu vou Ferrari o dente?” respondeu ela.....
Fiat nisso......


(sic , no téceas)

A Freak

Não é para me Gabão, mas sou Uganda cromo, já dizia o meu amigo Al (q) geria um restaurante com Angolas e Camarões à la jillo, eu passava lá a vida mas ele avisava-me, olha a Burkina Faz melhor. Somália e segue meti-me no meu carro e Guiné para a esquerda, pah um azar, pah, atropelei a Liberia e esmifrei-lhe uma Gambia, Kenya believe it? Bem, vou andando, tenho que ver se Egipto a Líbia!

City ais plus plus

Caminha com determinação e entra na discoteca.
Olha em redor... tá cheia de Moledo - pensa. Bah, put F yas.
Ouvem-se, de súbito 2 Tires.
Ele avança por entre a multidão e vê um corpo caído num Chão-de-Maçãs.
Era a santa! Uma Lamarosa tinge-lhe o vestido branco.
Está a Santa Morta... dá Pena o Guião!

Biblia Toca

Eva, calhada na vida e Adão Terras Altas vistas, viviam no “por aí-zo”. Ela ganhava a vida a excitar serpentes e ele a morder a fruta dos outros. Os putos cresceram na rua,
Por isso o novo Caíno alucinava. Um dia, na rua, gritou: "Hey ...bell" e o irmão levou com um sino nos cornos. E morreu. Ó….
Já aDivino de quem era o sino...Era do Senhor-io. Foi um Avè-iso .
ADeus, foi o que ouviram, antes daquilo passar terreno baldio.

Moral da história:
As serpentes, são do diabo, e mexer na fruta é pecado.

Dasss

Yo ropa

“Coitada da Armenia” diziam os que a conheciam, era considerada pela Malta uma miúda Bulgária.
Coitada da Arménia, não Servia para nada. Até o namorado a trocou, nunca conseguiu Moldavia.
“Vais sair do país, Basco?”
“ Vou, filha, sabes como é, a Dina marca mais”
Coitada da Arménia, lá se ficou com um Chipre,
remeteu-se aos Balcãs da cozinha, enxugou uma lágrima furtiva no avental e dedicou-se à Macedónia.

Assinas Céu Poor 2 Galo

D. Afonso Henriques teve a morde mãe mas não retribuiu com amorfo e leal...

City ais plus

Não Sintra pena dele – disseste-me!
- Coitado, ao menos dê-lhe uma Penela de sopa.
O tipo não Serpa nada – retorquiste!
- E os filhos, coitados, vê só como Olhão prá gente!
Voltaste à carga: - Um tipo que Tróia toda a gente não merece respeito!
- Meu filho, Setúbal esses tanto quanto ele vale também não seria Condeixa em dente!
- Deixe-o ao menos pernoitar no Castelo Branco, vá! Não o vê sujo e cheio de Pó voa do Varzim?
- Muito bem, assim seja!
- Obrigado, a mãe é uma Santa Iria da Azóia...

City ais

... Isso foi no tempo do Montemor, o Velho...
O gajo tinha acabado de entrar pá Trofa onde andava 4dado, de k7 e Freixo de Espada à Cinta.
Quem me contou isto foi o Braga que era fadista, mas uma Penafiel.
Depois disso deu música, comprou um Mogadouro e tinha como Albufeira.
Nunca acertou na vida, 10ertou e foi-se Évora dali a 7 pppppppppp....
(Agente Contínuo Hará)

Besta Cotas de Gandas Moveis

Quem Tramou o Cu elho? —Roberto do Meco
“Então, Dadinho, apanhei-te coas calças na mão, filho!”

7 —Dava Fichas
“São 7 os pecados mortais: o gorgulho, o glúteo, a abadessa, a cola, a acidez e o last que é a endívia.”

A Pô-lo no 13 —Rum Arde
“Justa, vamos ter sarilhos!”

Arma a Guedes —Miguel Baía
“Bimba Up, escocês”

Quilha o Abílio I —Quem toma Tino
“É a Mercedes, a Conceição e a Faradiba que me faltam—não é a ração.

Conte&Nua

Olariloulé

Chaves lá o que dizes… a Fátima não é uma xavala qualquer.
Cá para mim não tiveste Peniche para ela.
Pois é, é um Espinho entalado.
Acredita que Seia como as coisas são.
Não tiveste Faro, faltou-te a luz e Queluz!
Tas num Entrocamento, não vale a pena não se sentiu Almada...
Dedica-te à Horta, que te Silves de emenda, Portalegra-te!

City ado

A mãe a_Viseu-me logo que Leiria embora se eu fosse infiel.
Na Mirandela andava eu há muito tempo.
"Beja -me". Pedi-lhe eu, um dia.
Ela disse que Sines.
Casámos.
Porto -me bem. Fui um pai Estremoz.
Meti-me nu_Mealhada.
Mas agora, com o Penacova, ela só quer a minha certidão de Óbidos.
Lagos vi que havia coisa....
Tomar que ela se lixe.


(2 be 10 in volvido)

Era um tipo merdoso

Era um tipo merdoso, oriundo de Sê-lo Rico de Bosta...

quinta-feira, outubro 07, 2004

Chamava-se Oliveira...

Chamava-se Oliveira e vivia numa profunda depressão.
Chamava-se Oliveira e nem no money come-o encontrou a paz.
Teve 12 filhos.
Chamava-se Oliveira.
Não teve um, mas sim 12 desgostos profundos.
Teve 12 filhos.
Assistiu ao nascimento de cada um.
Chamava-se Oliveira.
Um por um, viu-os nascer... e cada um nasceu com cara de óleo nado, mas sempre azeite o'clock...

O Carneirinho

No meu estúdio, o dia tombava e a noite erguia-se.
Tinha de dar à trincha, mas estava à brocha…
A modelo esperava e eu tinha de a entreter. Entre ter e não ter a modelo, dependia a secagem da tela.
Ela estava à seca desde manhã.
E de manhã tinha eu de entregar o quadro. Liguei a luz e o quadro foi ao ar.
O eléctrico.
O fusível fundiu-se. Fónix!
Saquei de um arame, quando a modelo me disse que queria o papel, porque já se fazia tarde.
Porque não comprei eu dijuntores?
Por um dos estores, a luz da rua, iluminava a cena.
Alta cena.
Comecei a pintar a tela, mas a modelo acenava, dizendo que se ia embora. Bolas!
Pedi com bons modos para não se mexer. Mas ser assim tão rápido ia ser difícil.
A tinta escorreu e eu corri para apanhar um trapo.Trapalhadas…
Vi a coisa a andar para trás, mas fui em frente.
Às escuras fez-se luz.
E se eu desenhasse um carneirinho em vez duma gorda nua?
Num àpice, puz a esfregona onde estava a modelo.
Mandei a gorda dar uma curva e curvei-me sobre o cavalete fazendo arte.......
...........
O cliente nunca soube qual a idéia original. Nem eu, originalmente, sabia desenhar carneirinhos.
Fui perspicaz. Desenhei um carneiro a bazar.
O azar, foi não ter tido luz, porque teria sido muito mais fácil.

Enfim, o cliente soltou massa, eu comi uma pizza, comprei dijuntores e senhores....vou dormir que estou partido.

ah…, a título de curiosidade, dei ao quadro o título, curiosamente, de "Lamb, Ido"

Logo In Logo Out

Qualquer cu incidência com pessoas e ni cus cu nhecidos é mera verdade! Este é fresco é peixe do dia!

H_sexy_69: ois
Lucia-Fera: tasse
H_sexy_69: dd tc?
Lucia-Fera: daqui mesmo
H_sexy_69: fixe
Lucia-Fera: cool
H_sexy_69: idd?
Lucia-Fera: quantos queres?
H_sexy_69: mtos
Lucia-Fera: 60
H_sexy_69: ta bem bom
Lucia-Fera: gostas de ma tures?
H_sexy_69: adoro
Lucia-Fera: bateste na porta certa
H_sexy_69: entao pk?
Lucia-Fera: sou má de aturar
H_sexy_69: melhor
Lucia-Fera: :)
H_sexy_69: es uma fera?
Lucia-Fera: sou
H_sexy_69: na caminha?
Lucia-Fera: em caminha
H_sexy_69: És de onde
Lucia-Fera: caminha
H_sexy_69: sim, mas mais concreto
Lucia-Fera: Com quem?
H_sexy_69: olha qual a tua terra DE NASCIMENTO
Lucia-Fera: caminha
H_sexy_69: isso existe?
Lucia-Fera: levanta-te e caminha
H_sexy_69: es solteira?
Lucia-Fera: sou solta
H_sexy_69: k bom
H_sexy_69: e o que fazes lucia
Lucia-Fera: faço o que posso
H_sexy_69: tu es muito de rodeios
Lucia-Fera: sou mais de rodeos
H_sexy_69: e dificil de te perceber
H_sexy_69: nao completas as frazes
H_sexy_69: mas prontos
H_sexy_69: ja agora e o teu nick
H_sexy_69: es lucia
H_sexy_69: e a fera pk
Lucia-Fera: fera monas da Mãe
Lucia-Fera: Paco do Pai, Paco de Lucia
H_sexy_69: ok
H_sexy_69: fiquei a saber o mesmo
H_sexy_69: mas esquece
Lucia-Fera: já te esqueci, quem és?
H_sexy_69: estas no trabalho
Lucia-Fera: estou na Gandaia, a quinta da minha tia
H_sexy_69: olha quando entenderes falar a maneira diz alguma coisa
Lucia-Fera: alguma coisa
H_sexy_69: beijo
Lucia-Fera: beijo não que tenho pejo
H_sexy_69: o que e pejo?
Lucia-Fera: noijo
H_sexy_69: ok, assim não dá
Lucia-Fera: LOGO OUT!

Ai Cus

Cu Pablo

Mexe & cano
E Sul amer & cano
Nunca é desculpado

*****
Cu vert

Pão e patê
À vossa mercê
É o que houver

*****

Cu deína –

Al cu loide, ópio
Pra tarsse bem
ensope-o

*****

Cu de foudre

Pela cu latra
Saiu a cu pula
Para a sucata


Ai cus a arte atextual que induz e utiliza o bacio como instrumento

Com razão

O Dill_o_Ente, di-lo e com razão, senão não di-lo-ia!...

Crónicas de Ali Ólado – 5

Sei que era pequeno, porque me contaram.
Diz-se que o termo "meio-ambiente" foi criado lá, porque não cabia um ambiente inteiro.
O fuso horário era de 12 minutos, porque nunca lá passou um meridiano, por isso anoitecia em cada 6 horas.
As autoestradas eram mesmo estreitas.
Se alguém ultrapassasse, invadia o País vizinho.
O turismo era considerado "turismo ficha", quem não tirasse ficha e não fizesse uma fila, não via o Condado.
Tinham o monumento dísponivel 6 dias por semana, ao Domingo ia para lavar.
Além do Paul, o músico, só havia mais 69 habitantes, dos quais a maioria eram políticos.
Na semana passada vetaram a lei da propriedade horizontal porque não cabia.....
Era mesmo pequeno o território....

(2 bic on Tino Ed)

Crónicas de Ali Ólado - 4

... E mais, naquele país nunca ninguém tinha visto uma vaca inteira pela simples razão que só tinham espaço para criar cabeças de gado.
Abasteciam os Smarties em granadas de gasolina porque as bombas eram demasiado grandes e o país não as comportava.
Enterraram a máquina de um comboio para mostrar ao mundo que tinham metropolitano.
Durante a escavação, feita à colher, encontraram um Sardaniscossaurus Rex que se veio a tornar a grande atracção turística e a maior fonte de receitas para o país.

Do comércio sexual lhes falarei numa outra crónica dado o adiantado da hora.
(2 bic on Tino Ed)

Pão de amónio

Ontem fui pá naite. Tava marado da carola e fui pá disco.
Mal entrei levei cuma bafo ourada que quase tombava.
Aquilo tava cheio de brancos, xtranjas, arruma dores e páginas amarelas.
A um canto um grupo de gays cu memorava a toques de trompas de falo ópio.
O ambiente era ós ~.
Com a pressa dir pá disco nem jante hey!
Tava cuma traça que se visse uma sueca comia uma manilha seca.
Passei a noite como um senupe à procura duque comer mas a única coisa que encontrei foi um grande pão de amónio...

quarta-feira, outubro 06, 2004

Crónicas de Ali Ólado – 3

Era mesmo verdade….
O país era tão pequeno que a ONU mandou alcatifar.
O povo, não podia bater palmas como nos outros países. Tinha de bater ao alto, senão lixava a agricultura.
Foram proíbidos os pães compridos porque se dizia que tiravam casas ao povo.
As moedas tinham de ser entregues ao alto, sob ameaça de invasão do país vizinho.
As declarações de impostos,tinham o formato de um A3 mas com 3 cms de largura.
Era mesmo pequeno, esse paìs.
Quem engordasse pagava uma taxa de superficíe….
Que coisa….

Nota do Ide Heitor

Reparamos agora numa falha grave neste Bill Ogre.
Constatamos que não provemos ainda à nomeação de um provador do leitor.
Deste lapso nos iremos penitenciar a breve trecho e prometemos nunca mais 10curar as nonsense idades do nosso púbico.

Isto foi só um up arte. Podem continuar a fazer crox E.

Crónicas de Ali Ólado - 2

Como vos referi era um país muito pequeno mas também muito chuvoso.
Chovia tanto, tanto que até os galos cantavam.... de galochas.
Era um país tão exíguo mas tão chuvoso que de cada vez que alguém dava um passo fora de casa tinha de mostrar o poça porte.
Tão chuvoso que a frase mais pronunciada no país era: Porra! Tacho Verde Mais!...
(2 bic on Tino Ed)

Crónicas de Ali Ólado

Era um país tão pequeno que tinha uma orquestra 100fónica só com um elemento.
O humilde músico chamava-se Paul Tergeist e que eu saiba, sozinho, dava conta do recado.
Nunca lhe ouvi um queixume.
Pagavam-lhe em livros do Sonso Priano e em velhos filmes mudos Duche Arlô...

Nós por cá levamos cada banhada...

Coisas do Me Fist ó Foles

E para beber?
“Terras do demo” pediu o bicho acrescentando “devil servir gelado”
O belo zebu ajeitou o laço e pensou, “ganda besta”.
“A conta”, pediu o bicho.
“666 mafarricos !!!! Ca peta, ca logre, mais valia sustentar 7Anas!

Quem tem diabretes ou cruzes…canhoto!

The Paint

O quadro era forte, a mole dura, era macia. O que fazia com traste com a imagem que não prestava.
Foi a Lei Lão, que o obrigou a ser 10 truído.
Assim, zzas, fora espalhadas no parque.
Parque sim.
Disseram eles
Pontos.

Lá se vai a Artoar

Ó

20 vale ouros

Sempre tive pavor dos números e das letras. Eram violentos e agressivos.
Sabia que um dia isto ia acabar mal.
"1-de andas?" perguntava um dos números…
"70-as fugir mato-te!"...ameaçava o outro….
"9-idades? Conta tudo".…
"3-passo-te, se não me dizes onde estiveste!"….

Arrepiavam-me!
As letras também me apavoravam.

"A-dvinha quem te topa?”.
"M-esmo estúpido!".
"L-tá lixado!"…"P-desculpa!" …"R-aro falhar o alvo..."
"V o q te vai acontecer..."……

Em pânico, vivi toda a minha escondido de tudo.
Nunca saí do meu quarto.
Desenhava, para não ver as letras nem os números.
Tornei-me famoso pelos meus desenhos e um dia recebi um cheque enorme. Era de 20 milhões....
Quando vi o número ,gritei, e atirei-me da janela do meu último andar, porque percebi tudo.

"20-te buscar"...dizia o número..

Eu sabia que ia acabar mal

Do-endo

Lucyda inda se cai

Arial era uma sereia helvetica sem futura, vivia num pobre charcoal sem fonte e ambicionava nadar nas águas do monaco, mas os cães de Baskerville rondavam a baía.
Engendrara um plano e todos os dias ia ao courrier à espera um gadget que tinha encomendado.
Numa manhã, enquanto se mirava no seu copperplate, vislumbrou ao longe o Dingue-Bate e, nesse instante, percebeu que o seu destino estava traçado.
Exclamou com goudy: “Eis o meu Disney print! Chicago-me-nisto-tudo-tah-oma-optima-manhã-onix-sua-qui-maly-bu-penso encontrei um true type… vou para New York".

Moral da história, sem xerife é que tá a dar

A Pêlo

Si tu me pai un string (25 dolla o carácter)
Tu porra si tu vô me raconter tavira
En faire une é popeye en faire une ó pêra
Si tu me pai un string (25 dolla o carácter)
on ira justo ao bute
Je sáurio sans é forte me mettre à ta porta
Si tu me pai un string (25 dolla o carácter)
J'entrerai dans ton jó
je ne t'en voudrai pas
De Net rien du tout... Je ne Sue rien qui valha

Agradecimentos especiais à Régia Ana.

Entre 2 masoquistas

- Hoje ando com um sabor amargo na boca.
- Pah, porque é que não chupas um ruivo sado?

Gay 2 Gay - a short story by Jack a Gay

- Passa-me o comando!
- Para que o queres?
- Quero fazer Zé Ping!
- Mas....
- Passa-me a merda do comando e não faças perguntas!
- Merda! muito gostas tu de ser o cu mandante!

Put F

Era uma Put F, ya! e depois?
Tinha uma mole esquina como o M in Guei onde apontava tudo, mas tudo, para que saibam...
Vivia da ponta dos outros, e depois?
Viveu a vida de ponta a ponta.
Afinal, não é o que fazemos todos?

Ide pois?


REM in his sense

A mãe comprou-lhe um edredon na feira dos limões.
Agora adormece com um gosto ácido na boca e faz caretas enquanto sonha...

terça-feira, outubro 05, 2004

Hoover 12

Hoover, aspirava alto. Tão alto que foi aspirante na tropa e inspirava confiança.
Foi um herói nacional, quando todos foram dispensados por cobardia. No bairro era o maior. Só esperava pela Amélia que nunca lhe mandava E-mílios.
Com o tempo surpreendeu tudo e todos, ao inventar o aspirador. Ficou famoso. E rico.
As senhoras quando o viam suspiravam, enquanto ele ia aspirando cada vez mais alto.
Um dia quando comia suspiros, a sós, pirou.
Piorou tanto, que expirou, num último suspiro….
A empregada no dia seguinte foi aspirar o quarto.
Nada diria que ali viveu o homem que aspirou suspirar como o pai do aspirador.

Há moles que vêm por bem...

Há moles que vêm por bem! - disse o 10 dente Ado...

The mirror

“Estou gorda”, disse o espelho olhando para ela.
“Quem me dera ser uma foto gira”, pensou ele.
“Está estragado, o espelho”, disse ela olhando o vidro.
“Quem me dera que fosse uma janela para a praia”, pensou ela.
Eram os melhores amigos.
Não passavam um sem o outro.
Ela todos os dias o visitava.
Ele todos os dias a via.
O espelho partiu-se.
A gorda, horrorizada, gritou:
“Porra, perdi um amigo”
O espelho pensou….
“É de lá…” e esperou.
Ambos esperaram que a avaria fosse resolvida
Que avariam de fazer?
Quando mudaram o espelho, ela pensou:
“Será que ele ainda ali está??”….
Nunca saberemos

Du_Ende

Olympus best shot in pixas

“Tira-me-me a pica” pediu ela, do alto do monte fazendo pause.
“Pah, já hera, agora não dá”, disse ele enquanto sorvia o necktara com um ar não chalante.
“Preferes as afros ditas ordinárias não é? Que odisseia! Hades ver man, vou ficar à hisperion dos kromos”.
“Põe-te mas é nos Tanatos e vê se musas para outra freguesia!”
“Eros tu quem vi noutro dia?” Perguntou a gaija dando-se ares...

Neste momento, como surgida do nada Aténia saiu do esconderijo e pediu: “Passem-me as hermesetas”.

Tenho tudo registado em pixas, foi uma mega parte, aconteceu de polo apolo numa noite em que ouvi murmurar as areias dos tempos e as histórias das estrelas. E em que pozei…D. nua!

É o no que dá os shots d’ambrósia!

Finalmente.

Finalmente consegui entrar. Ser notado, dar-me com a malta da nota, embora não se note nada. Há que notar uma coisa. Vim pelo caminho das pedras, porque a vida não me foi fácil. Com dificuldade pisamos as pedras e pomos os ossos na borda do prato.
Venham daí esses ossos, amigos.
Já sei quem sou embora não me lembre de nada.

10 em Bush

- Vá lá, 10 em Bush! onde estão as armas de dextro e a São Machista?
- Pah, não sei... tão Al Gores por aí...
- Tu Kerry's L Bar 1 estalo!

In Dust Trial

Tó tinha uma fábrica.
De roupa iróptica, de se comer com os olhos. Com élan, geria.
A esposa era Modelo e ele no Continente morava. Por vezes viam-se no Jumbo Jet 7. Rodeados de aves raras. Era sempre a aviar. Aviação, era o único meio de com tacto...lá se ia vivendo..
“Inventei o Sinto que ligas”, disse ele uma noite à porta do sex shopping. O mais aberto da zona. Não sei se da zona J ou do G spot, que tocava na rádio sem parar.
Ela trocou o cinto que já não ligava, pelo Chico Hot.
Ele fechou a fábrica e ela, radical, desceu o Sado, masoquista.
Nunca mais se viram. Cinto muito.
Ligas?...diz-me que sim,Tó...muito....

Milk Sheik

“Traz milk”, pediu ela com bons modos.
“2 leite”, disse ele batendo com a porta.
Milk choca qualquer um, mesmo que seja de frutas. Das proíbidas.
Para o sheik, milk não era com ele.
Era batido nisso.
“Sheik, me up”, pediu ela, já 10 esperada.
O Sheik, in sand, desceu. Correu para ela ao pôr do sol.
Os bed wins, ganham sempre. O sorriso dela ia de Leste a "Ó, este..."
Muitos Camels depois, foram felizes.

Du-ende

Aprés sento-me

Muito bem, é chegada a hora de nous aprés sentarmos. Eu sou o Conde-Lírios. Já fui o Duque Aralho mas nunca Marqueis de Pinball. Conheci a Lucia-Fera e o Deus_tá_offsky numa pista de carrinhos de choque já que estávamos ambos os três inibidos de usar cheques. Demos o cheque mote na faísca, no ressalto da pista à vista de uns pista oleiros que faziam penicos de barro com cara de burro. Ficámos a mijar em pé durante três noites de lua achei-o de cabeça perdida... 7 anos e três 4 tunas esgotadas a Sue ostentar uma psique-Olga que nos ai show incuráveis, decidimos pois poor bem internarmo-nos na Clínica do Bill Ogre. Era em conta já que não sabíamos contar...
Perem aí que tenho a Mirquesa Dali Cats on-line e Jabus Phalo... (2 bic on Tino Ed)

Não sei porque raio meti esta posta num comentário

Sue pó ta feito, pó de seguir, adoro pólaudas. Phalo por mim, sigam as 5ªas.
Mal pó esperar plas cenas dos póximos cap&tules desta trash&dia.
Confesso, a loira não me diz nada, mais um cabelo amarelo, como o feno, é pó brufeno, man.
Fiquei presa, isso sim, à truce que não truxe, de truz atrás, de frente atroz, ca ganda atriz…
Dasse alvíssaras a quem ma trousser.

Postem em mim que quando mais postam mais má rimam!

Guerra e Pós

Acordei partido em mais pauzinhos do que os que tem um jogo de Mikado... Tinha avô ca seca, doía-me a carola... Venci este medo paneleirento que tenho dos dótores e lá me decidi a ir ao Módico...
Disse-me ele: - O meu caro amigo tá cuma safa, leia!
Fugi sem pagar a consulta e antes que me receitasse o "Guerra e Pós"...

Diz a C-Ene-Ene

Em Buga_Lá, caiu uma sex bomb!
Todos ficaram de Pó Feito. Foi uma Traje & Dia.
A loura xxxpalhou-se por um raio de 100 ménes.
Todos se vieram, indo-se pela cidade. A cena era "Hour, ó rosa", porque foi ao meio dia, sem meias palavras.
Vi tudo, do meu "apertamento". Tava de truces, porque as tinha trazido, 100 saber ao que vinha.
A loura, quando acalmou, contou os caídos. Eram mais de 100 tidos em conta.
A "Mor, is a cruz", credo, estava em transe.
Eu transido de frio, esperava o 112.
Como o 112 não se vinha, fui-me à Marisa. Cruzes!
Ela só me disse: xxx-quece-me!
Aquecia-a..e não me lembro de mais nada.
Amanheceu, e eu fui-me, um pouco antes de me vir.
A CNN, pouco mais disse.
As nó ticias, são mesmo assim, uns dias dão-se outros dias....dasss.

segunda-feira, outubro 04, 2004

A 5ª de "Cavaleria"

Entraram hoje cedo, 12 Deuses no "ò_limpas" (ó_levas).
At down, sorry...dawn! 00:22 AM
Trajavam coisas terrenas. De todo o terreno. 4x4, com a tracção às 4 Rodier. A soma dos QI's, era baixa, mas os Shares, eram altos!
Gente do mais "Hell-2-gab-air-it-ó". In a wood ranch, thei'r all stoned! What a nice profile!
"boot, ver"...diria "bufa, Lo bill"...nos tempos do "ò, este...."
Estaremos perante um "Femme_no_men_no"???
Boot, ver....

Uma loira...

"Uma loira é uma pessoa que tem o cabelo amarelo." (Júlia Pinheiro, in A Quinta das Celebridades)


Nem a Lapa Alice o diria melhor:)

domingo, outubro 03, 2004

Heavy Tela

- Oh Vó, isto é coelho?
- Não, heavy tela!...

1 em 2 trial

Filho: - Pai, quando for grande quero ser 1 em 2 trial do sexo.
Pai (dando um estaladão no filho): - Estás no bom caminho, já me forniscaste a pussy ência!...

sábado, outubro 02, 2004

Venha Audi abo e escolha

Somos um país de cagões cuja língua oficial é o peido. Uma das mais vulgares formas de aferirmos do status de cada um é pelo seu escarro.
- O meu escarro é melhor do que o teu! Olha-me só para este Homer Sedes!
- Bem, entre o meu e o teu venha Audi abo e escolha...

Sevícia

Eu sevícia, piscava-lhe o olho...

Alien ja que tu és

Simplificando são 3.

Zuzarte aka Suzie
Zé Suíço
A que anda nos canos

O Suzie é temperamental, bom conselheiro e é o último da lista e por isso recebe telefonemas anónimos da mesma família há 40 anos.
O Suíço é o amigo imaginário da mesma família, senta-se à mesa coa gente, viaja coa gente, chora e ri coa gente, e quem não o vê está louco.
A que anda nos canos é aquela cujo nome não se pode pronunciar.

Keep It Simple Stupid
K I S S

sexta-feira, outubro 01, 2004

Comme un Zóis... Happy can't!